---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Histórico

Publicado em 14/06/2013 às 12:07 - Atualizado em 14/06/2013 às 12:05

Histórico do Município de Xanxerê

 

O bandeirante Jerônimo Pedroso de Barros, em 1641, segundo documentos jesuítas, foi o primeiro branco civilizado a pisar em terras de mata virgem do Oeste Catarinense a procura de índios para escravizar.Por volta de 1839, um grupo de fazendeiros brasileiros vindos de Guarapuava e Palmeira, então província de São Pedro, resolveu explorar os sertões do sul, motivados pelas notícias de grandes extensões de terras. Na expedição fez parte um jovem de Minas Gerais, chamado José Raimundo Fortes, que mais tarde obteve a concessão de uma grande área de terras chamada Campina do Gregório, onde se localiza hoje o centro de Chapecó.

O jovem tornou-se um dos primeiros moradores do Oeste de Santa Catarina e formou família com Ana Maria de Jesus.Pelo decreto nº 2.502 de 16 de novembro de 1859, foram criadas duas Colônias Militares, a de Chapecó e Chopin. Porém, a instalação destas colônias só ocorreu bem mais tarde porque o governo argentino reclamou contra a criação das colônias militares, alegando que as terras estavam em litígio, seguindo-se daí uma série de explicações e trocas de notas diplomáticas.

Algum tempo depois foi nomeado o primeiro diretor da Colônia Militar de Xanxerê por um período de 17 anos, o Capitão José Bernardino Bormann com a tarefa de executar a fundação da Colônia Militar de Chapecó (Xanxerê) em 1880 e sua instalação em 14 de março de 1882. José Bernardino Bormann faleceu no Rio de Janeiro, no posto de Marechal.Após este período a Colônia Militar decaiu, e no ano de 1890, a de Xanxerê passou a pertencer a Palmas (PR) cujo local onde estava inserida recebeu a denominação de Distrito de Generozópolis.

Sem outra possibilidade de solução, Santa Catarina por seu representante, propôs contra o Paraná uma ação perante o Supremo Tribunal Federal, e obteve sentença favorável. Na eminência de execução de sentença, surgiram ameaças de resistência pela força.Em 1916, houve a intervenção amistosa do Presidente da República Wenceslau Braz, que perante os governadores, General Felipe Schimidt, de Santa Catarina e o Coronel Carlos Cavalcanti, do Paraná, resolvendo a questão de limites por acordo entre Santa Catarina e Paraná.Pela Lei Estadual nº 1147 de 24 de agosto de 1917, Santa Catarina é dividida em novos municípios, entre os quais, Chapecó.

Em 31 de dezembro de 1917, por ato do governo catarinense o município de Chapecó ficou dividido em cinco (5) distritos, entre os quais, Xanxerê. Pela Resolução nº 05/1917 do Superintendente de Chapecó, Manoel dos Santos Marinho, foi nomeado José Júlio Farrapo para Intendente do Distrito de Xanxerê.Em 5 (cinco) de novembro de 1919, pela Lei nº 1.260, o governo Hercílio Luz, determinou que a sede do município de Chapecó fosse transferida para Xanxerê.

Em cinco de dezembro de 1923 a sede municipal passou para Passo Bormann. Em virtude de tal mudança Xanxerê passou a chamar-se Rui Barbosa, pertencente à Comarca de Chapecó, até fins de dezembro de 1929.Com a revolução de 03 de outubro de 1930, foi investido na função de governador do Estado o General Ptolomeu de Assis Brasil e, pelo mesmo, foi designado para Prefeito de Chapecó o cidadão Nicácio Portela Diniz, o qual determinou a restauração da sede do município em Passo Bormann (antiga Campina do Gregório, de propriedade de José Raimundo Fortes) e a sede de comarca continuando ser em Xanxerê.

Os habitantes de Xanxerê iniciaram um longo processo de emancipação. A vila cresce, principalmente pelo extrativismo das madeireiras, com pinheiros, araucária, existentes em Xanxerê e região.Em 30.12.1953, pela Lei 133, foi criado o município de Xanxerê, desmembrado de Chapecó. Sua instalação oficial deu-se em 27 de fevereiro de 1954, quando um grupo de pessoas compareceu ao Ato, na hoje Rua Victor Konder, em uma simples casa de madeira, assumindo o cargo de Prefeito provisório o professor Teodósio Maurício Wanderley, Inspetor Geral de Ensino do Estado, por designação do então governador Irineu Bornhausen. Em 15 de novembro de 1956 foi instalada a Câmara Municipal de Vereadores e em 05 de junho de 1956 foi instalada a Comarca de Xanxerê.

A área que atualmente compreende o município de Xanxerê, teve os seguintes nomes: 

1.Distrito de Generozópolis;

2. Vila de Xanxerê;

3. Distrito de Rui Barbosa;

4. Vila de Xanxerê (outra vez);

5. Distrito de Xanxerê;

6. Município e Comarca de Xanxerê.Xanxerê significa na língua indígena Kaigang "campina das cobras" ou "campina da cascavel" - na área a existência de muitas espécies de cobras com predominância da cobra cascavel.

Os índios Kaingang e Guaranis foram os primeiros habitantes do Oeste Catarinense, isto aproximadamente no ano de 1800. Depois vieram os portugueses, sírios, turcos, alemães, libaneses, poloneses, italianos e outros.

 

PREFEITOS DE XANXERÊ

No livro oficial denominado de Termo de Posse, da Prefeitura Municipal de Xanxerê, onde são registradas as Atas de transmissões de cargos dos Prefeitos e Vice-Prefeitos eleitos e, das transmissões de cargos dos Prefeitos titulares a seus Vice-Prefeitos e ou vereadores Presidentes do Legislativo de acordo com a legislação, consta a relação de todos que ocuparam o cargo de Prefeito e respectivas datas.

Antes dos titulares que foram eleitos, a relação dos que ocuparam a Intendência Distrital, período anterior a emancipação político-administrativa de Xanxerê que ocorreu em 27 de fevereiro de 1954.

1.    Liberalino Lemos

2.    Celestino do Nascimento

3.    Boaventura Correa Lemos

4.    Aparício Júlio Farrapo

5.    Adílio Fortes

6.    Arduíno Amicherle Antoniolli

Prefeitos titulares e substitutos

1º - Prefeito Provisório - Teodósio Maurício Wanderley - 27.02.1954 a 15.11.1954

2º - Prefeito eleito - Adílio Fortes - 15.11.1954 a 15.11.1959

3º - Prefeito eleito - Alberto Michelin - 15.11.1959 a 15.11.1964

4º - Prefeito nomeado - Rovilho Bortoluzzi - 15.11.1964 a 31.01.1966

5º - Prefeito substituto - Horácio Costa - 13.01.1965 a 01.02.1965

6º - Prefeito substituto - Horácio Costa - 11.10.1965 a 02.11.1965

7º - Prefeito eleito - Sady Cavalheiro Marinho - 31.01.1966 a 31.01.1970

8º - Prefeito substituto - Natanoel Machado - 16.10.1967 a 30.10.1967

9º - Prefeito substituto - João Ramos Martins - 23.10.1968 a 11.11.1968

10º-Prefeito eleito - Antonio Pompermayer - 31.01.1970 a 31.01.1973Vice-Prefeito - João Batista de Souza

11º- Prefeito eleito - Sady Cavalheiro Marinho - 31.01.1973 a 01.02.1977Vice-Prefeito - Ruy Benvegnu Pimentel

12º- Prefeito substituto - Ruy Benvegnu Pimentel - 18.11.1973 a 18.12.1973

13º- Prefeito substituto - Ruy Benvegnu Pimentel - 22.08.1975 a 22.10.1975

14º- Prefeito substituto - Demétrio Brollo - 04.12.1976 a 04.01.1977

15º- Prefeito eleito - Rovilho Bortoluzzi - 01.02.1977 a 01.02.1983

Vice-Prefeito - Arno Sezefredo Engel

16º- Prefeito eleito - Doílio Domingos Moschetta - 01.02.1983 a 01.02.1989

Vice-Prefeito - Ary Bossini

17º- Prefeito substituto - Ary Bossini - 19.01.1984 a 20.02.1984

18º- Prefeito substituto - Ary Bossini - 08.07.1985 a 07.08.1985

19º- Prefeito substituto - Ary Bossini - 05.05.1986 a 04.06.1986

20º- Prefeito substituto - Ary Bossini - 09.02.1987 a 10.03.1987

 21º- Prefeito eleito - Hélio da Silva Winckler - 01.01.1989 a 31.12.1992

Vice-Prefeito - David Valentin Canello - 01.01.1989 a 31.12.1992

22º - Prefeito substituto - David Valentin Canello - 21.01.1991 a 04.02.1991

23º - Prefeito substituto - David Valentin Canello - 05.02.1991 a 14.02.1991

24º - Prefeito eleito - Júlio Cezar Bodanese - 01.01.1993 a 31.12.1996

Vice-Prefeito - Sady Cavalheiro Marinho - 01.01.1993 a 15.07.1994

25º - Prefeito substituto - Sady Cavalheiro Marinho - 07.10.1993 a 22.10.1993

26º - Prefeito substituto - Sady Cavalheiro Marinho - 30.12.1993 a 31.01.1994

27º - Prefeito substituto - Antonio Wandir Barbosa - 15.07.1994 a 25.07.1994

28º - Prefeito eleito - Hélio da Silva Winckler - 01.01.1997 a 31.12.2000

Vice-Prefeito - Loacir Ângelo Celi

 29º - Prefeito substituto - Loacir Ângelo Celi - 09.02.1998 a 24.02.1998

30º - Prefeito substituto - Loacir Ângelo Celi - 15.01.1999 a 02.02.1999

31º - Prefeito eleito - Avelino Menegolla - 01.01.2001 a 31.12.2004

Vice-Prefeito - Celso Mattiolo

32º - Prefeito substituto - Celso Mattiolo - 07.05.2001 a 13.05.2001

33º - Prefeito substituto - Celso Mattiolo - 01.01.2002 a 31.01.2002

34º - Prefeito substituto - Ademir Gasparini - 23.09.2002 a 08.10.2002

35º - Prefeito eleito - Avelino Menegolla - 01.01.2005 a 31.12.2008

Vice-Prefeito - Enori Barbieri

36º - Prefeito substituto - Enori Barbieri - 07.03.2005 a 13.03.2005

Prefeito substituto - Enori Barbieri - 08.07.2005 a 24.07.2005

Prefeito substituto - Bruno Linhares Bortoluzzi - 18.11.2005 a 28.11.2005

37º - Prefeito substituto - João Paulo Menegatti - 10.11.2006 a 19.11.2006

38º - Prefeito substituto - Enori Barbieri - 22.06.2007 a 08.07.2007

39º - Prefeito substituto - Enori Barbieri - 14.01.2008 a 02.02.2008

40º - Prefeito eleito - Bruno Linhares Bortoluzzi - 01.01.2009 a 31.12.2012

Vice-Prefeito - Leandro Junior Vigo

41º - Prefeito eleito - Ademir José Gasparini - 01.01.2013 a 31.12.2016

Vice-Prefeito - Gelson Saibo

Diretoria de Ações Culturais - Departamento de Memória e Patrimônio Histórico.Fontes:Jornal Encarte "Xanxerê - 40 anos", 1993.

Textos variados sem identificação - Biblioteca Pública Municipal "Caldas Júnior"Livro de Atas de Posse - Prefeitura Municipal de Xanxerê- Santa CatarinaComposição do texto: Coordenação de Patrimônio Histórico e Memória - Prefeitura Municipal  

 


  Município

Previsão do tempo

 

Prefeitura Municipal de Xanxerê.